Alunos e professores de Palmeira recebem premios do Mpt
27/11/2018 17:25 em Geral

Mostrando o comprometimento dos profissionais que fazem parte da equipe da Rede Municipal de Educação, aliado a criatividade e bom desempenho dos alunos do município, Palmeira foi mais uma vez representada e premiada na ultima segunda-feira (26), em Curitiba, pelo Prêmio Ministério Público do Trabalho  - MPT, na Escola 2018.  

Abordando a temática do trabalho infantil, através da proposta “Resgate a Infância”, Palmeira concorreu nos níveis estadual e nacional, onde alunos e professores trouxeram pra casa os títulos de melhor “Conto Infantil” e “Poesia” destaque.

Motivo de orgulho, como exalta a secretária de educação, Carla Marcondes de Albuquerque, os alunos e professores não esconderam a satisfação de ver seus trabalhos premiados . “Cada um dos professores e colaboradores que fazem parte da nossa equipe da Educação são motivo de orgulho, pelo comprometimento com os alunos e desempenho exepcional em sala de aula. Em contrapartida, mas orgulho ainda, sentimos dos nossos alunos, que se destacam, e conseguem ir mais longe, ultrapassando os limites do nossas salas de aula do município e competindo de igual com outras escolas do Estado, e até mesmo do Brasil. Gratidão por todos envolvidos”, explica fervorosa, Carla.

Ministério Público do Trabalho leva as salas de aula temática contra o trabalho infantil

Buscando um maior fomento da participação de crianças e adolescentes, em ações de mobilização, conscientização, prevenção e erradicção do trabalho infatil, o projeto elaborado pelo Ministério Público do Trabalho – MPT, procura destacar as iniciativas dos melhores trabalhos escolares. Sejam eles literários, artísticos ou culturais, produzidos pelos alinos, bem como a dedicação de educadores envolvidos e comprometidos com os direitos das crianças e adolescentes.

Além do trabalho realizado pelos educadores nas escolas, um forte aliado alavancou as atividades dentro do município de Palmeira, sendo a equipe de Referência, Proteção e Erradicação do Trabalho Infanil – ERPETI, principal articulador entre as ações de prevenção, sensibilização e informações sobre o Trabalho Infantil.

Todos os quartos anos das escolas da rede de ensino municipal participaram do projeto, que premiou os melhores trabalhos, classificando estes para a etapa estadual, onde 26 trabalhos foram premiados, e destes, os três melhores foram contemplados em nível nacional. Sendo divido nas categorias: 1) Conto; 2) Poesia; 3) Esquete Teatral; 4) Música;  5) Desenho; 6) Curta-metragem.

Solenidade de premiação realizada na Capital consagra destaques MPT na Escola 2018

Dentre tantas escolas participantes, os representantes do município de Palmeira não ficaram de fora do podium, trazendo pra casa troféus e premiação.

Das seis categorias desenvolvidas pelo projeto, duas tiveram presença palmeirense em destaque, sendo o melhor conto, com o titulo “Todos Juntos para Ajudar João”, produzidos pelas  alunas Nicoli Costa Ragnini e Olivia Gross Costa Orniesk, alunas da turma Professora Sandreli Gross Costa, da Escola do Campo Pedro Gross Filho, foram premiadas com o ouro, trazendo pra casa o valor de 15 mil reais.

Já outra categoria conquistada pelos alunos palmeirenses da Escola do Campo de Sta. Barbara de Cima,  foi a categoria “Poesia”, onde os alunos Elcio Ruan Lopes; Iasmin dos Santos; Gabriele Pelinski; Gabriele Jantara; e Pablo Vinicius Chicanoski, da professora orientadora, Lidiane Ap. Ianoski, com a poesia “Criança Pode?”, conquistaram a prata, e um prêmio de dez mil reais.

Na categoria Nacional, os trabalhos produzidos pelas crianças da Escola do Campo Pedro Gross Filho, obtiveram a quarta melhor colocação, sendo destaque entre demais escolas.  “Não trouxemos a premiação devido a ser somente até o terceiro lugar. Mas, mais que isso, trouxemos o orgulho e reconhecimento, alcançado por nossos alunos estarem entre os quatro melhores do Brasil. Esse reconhecimento, supera toda e qualquer premiação”, explica a assessora pefagógica Jaqueline Kapp Hartman. 

 

COMENTÁRIOS